Oiiiii...Saudades..qto tempo não apareço não é mesmo? Mas hoje não pude deixar de aparecer para falar um oi e saber como vc esta e deixar esta mensagem linda que nos remete a refletir sobre alguns valores.Espero que goste...fique com Deus!!!! Bjinhos no core

 

Estava triste, desmotivado. Sua mulher havia deixado de amá-lo.
Levantou da cama e vestiu-se naquela manhã de domingo.
Sem nada para fazer, saiu de casa e andou sem rumo.
Até aquele dia, nunca tinha reparado como era penoso viver sem amor.
Depois de andar durante horas, sentou-se à sombra de uma árvore frondosa no banco de uma praça, de cabeça baixa.
Ao seu lado, sentou-se um homem que, pelo seu aspecto, pareceu-lhe um mendigo.
Quase se levantou para seguir o seu caminho, mas o sorriso do homem o reteve.
Aos poucos, se estabeleceu um diálogo e uma animada conversa que se estendeu por horas.
Finalmente, o marido se levantou do banco, deixando dinheiro na mão do mendigo.
Sua postura já estava diferente. Agora, com passo enérgico, voltou para casa, tomou banho, fez a barba e se vestiu com todo cuidado.
Saiu sem dar explicações e sua mulher, que já não o amava, se mostrou levemente curiosa com a sua nova atitude. Voltou à noite, bem tarde.
No dia seguinte, cumprimentou gentilmente sua mulher e foi trabalhar.
Na volta, vestiu um short, calçou tênis e fez uma longa caminhada noturna.
Dormiu com excelente disposição. O dia seguinte foi igual, talvez melhor.
Sua mulher, que não o amava, e seus filhos se surpreenderam.
Parecia ter perdido a tristeza.
Ganhara uma força e uma elegância que a família nunca antes tinha notado.
Continuou a ser gentil com a mulher, mas nunca mais lhe pediu desculpas ou explicações, nem exigiu que fizesse amor com ele.
Passaram-se semanas.
A atitude do marido continuava firme e a disposição otimista instalou-se de vez.
A mulher sentia-se cada vez mais intrigada com a mudança miraculosa do marido e teve mais simpatia por suas novas atitudes, sábias e moderadas.
Embora ela persistisse em não amá-lo, ele melhorava seu desempenho como pessoa e como pai.
Agora, os amigos o procuravam.
Era evidente que tinha se transformado num homem sábio.
Quanto a mim, sou um sujeito profundamente curioso, talvez por ser escritor e fui à mesma praça onde estivera o marido a fim de procurar o mendigo.
Pude reconhecê-lo imediatamente. Sem vacilar, sentei-me a seu lado.
Apresentei-me e perguntei o que ele tinha dito para o marido.
Sorrindo, o mendigo me respondeu:
- Ah, lembro... Não dei grande conselho. Disse-lhe apenas que, com minha experiência de mendigo, aprendi que nunca se deve pedir dinheiro e, pelas mesmas razões, jamais se deve suplicar amor.

Essas são duas coisas que sempre nos negam quando as pedimos. E sorrindo, acrescentou:-
O dinheiro, a gente ganha; o amor se conquista. Não me pediu nada. Mesmo assim, agradecido, dei-lhe R$ 100,00 reais.

Autor: Alberto Goldin

:: Postado por Janete às 14h59
::
:: Enviar esta mensagem

Meu Perfil

BRASIL , Mulher , email:janetedecastro1@yahoo.com.br

Um pouco sobre mim

Oieee! Eu sou a Janete,Tenho 33 aninhos.
Faço níver dia 05 de outubro...
Tenho uma princesinha linda, a Jéssica..que eu amo de montão...Adoro Ler,Caminhar,Blogar e mtas outras coisitas!

Meu Humor

Links

:: Blog da Tanny
:: Amigas, Arte e Cia
:: Coisas de meninas
:: Blog da Advi Catarina
:: Blog da Kika
:: Blog Coisinhas e Tal
:: Blog da Lê

Adoro

Coisas de Meninas

Awards

Selinhos

Blinkies

Plakinhas

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

Arquivo do Blog

01/04/2011 a 30/04/2011
01/03/2011 a 31/03/2011
01/11/2009 a 30/11/2009
01/08/2009 a 31/08/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/08/2007 a 31/08/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006

Visitas


O que é isto?